3 de novembro de 2020

Como saber se está na hora de trocar a palheta do carro?

Geralmente, a gente só lembra da palheta do limpador de para-brisa em dias de chuva. E dependendo do clima da sua cidade, você nem precisa usar muito essa peça. Só que é importante que ela esteja sempre em boas condições pra não comprometer a sua visibilidade na hora de dirigir. Mas como saber se está na hora de trocar a palheta do carro?

As mudanças de temperatura, o tempo seco e a maior incidência de raios UV podem causar danos ressecando borrachas. Assim, a vida útil da palheta diminui e a troca por uma nova precisa ser feita com mais frequência. A Bosch, fabricante de palhetas, recomenda que a troca seja feita pelo menos uma vez por ano ou logo que você observar desgaste na palheta. 

Alguns sinais de que está na hora de comprar uma peça nova são:

– O limpador deixa riscos ou faixas no vidro;

– Mesmo com a palheta funcionando, o vidro fica embaçado como se tivesse um “névoa”;

– Há falhas na limpeza da água; as lâminas da palheta estão quebradiças ou tortas ou há ruído e trepidação ao ligar o limpador.

Se você perceber que está na hora de trocar a palheta do carro, também vale aproveitar para verificar as condições do motor que move o limpador e do braço, que é onde a palheta fica encaixada. Além disso, vale checar se o esguichador de água está funcionando bem e não está entupido.

Existem vários modelos de palhetas que podem ser de borracha ou até de silicone por preços diferentes. Você pode comprar uma peça nova em qualquer loja especializada, mas fique atento: a palheta varia de acordo com o modelo e o ano de fabricação do seu carro. Aí, vale ficar de olho se o seu carro também tem o limpador no vidro traseiro. 

Como cuidar da palheta do carro no dia a dia?

Pra manter as palhetas sempre em dia, recomendamos limpar as borrachas só com um pano úmido em água. Você pode fazer isso sempre que lavar o carro, por exemplo. Ah, e evite usar produtos químicos que podem danificar ou ressecar a peça. O mesmo vale para o tanque de água do limpador: você deve adicionar apenas uma solução específica para a limpeza dos vidros.

Outra dica é consultar diretamente o manual do veículo. As montadoras costumam incluir um capítulo sobre as palhetas com dicas de conservação como não colocar os limpadores de vidro em funcionamento com o para-brisa seco.